Movimento Empresa Júnior: sua história e o que representa

Por Communicare

Conheça as vantagens de ter juniores ao lado de sua empresa

Por Juliana Kopp

O ENEJ, Encontro Nacional das Empresas Juniores, é um exemplo da união e integração desse Movimento que só cresce no país. | Foto: Reprodução ENEJ 2019

As empresas juniores vêm se difundindo nas Universidades e no mercado cada vez mais. Com o objetivo de proporcionar experiências transformadoras e empreendedoras aos jovens do Brasil, elas impulsionam projetos e se tornam a solução para muitos negócios.

Se você já participou do ambiente universitário ou corporativo, provavelmente já teve contato com o Movimento Empresa Júnior, o MEJ. Mas… O que é isso?

O que é o MEJ?

O Movimento Empresa Júnior é a união de várias Empresas Juniores do país, as famosas EJs. A primeira da história surgiu na França em 1967. Alunos da  Escola Superior de Ciências Econômicas e Comerciais desenvolveram a ESSEC Conseil a fim de colocarem em prática de mercado o que aprendiam nas aulas. Depois, outras faculdades começaram a apoiar essas criações e foi assim que os propósitos da ideia ganharam ainda mais força, formando o que hoje é conhecido como o maior movimento de empreendedorismo universitário do mundo. 

O conceito chegou ao Brasil em 1987, trazido por João Carlos Chaves, e se materializou com a criação da primeira EJ do país, a EJFGV, na Escola de Administração da Fundação Getúlio Vargas. Quando o movimento chega ao Brasil, a quantidade de projetos foram aumentando gradativamente, o que levou a criação da confederação Brasil Júnior. Há mais divisões, como as estatais e regionais, de forma a melhorar o controle e atendimento direto às empresas.

Exemplo de como funcionam as federações, estaduais e núcleos a partir da Communicare Jr.

Sem fins lucrativos e formada e gerida por alunos de ensino superior, junto a um(a) orientador(a), a ideia das associações sempre foi proporcionar aos estudantes experiências práticas na área de suas graduações. Os resultados desse investimento são projetos que contribuem com a sociedade e com o crescimento desses jovens no mercado.

O Movimento, assim como cada uma das Empresa Juniores inseridas nele, possui a sua visão, missão e valores. Cada vez mais forte no Brasil, a união visa formar líderes responsáveis por projetos de alto impacto, busca formar, por meio da vivência empresarial, empreendedores comprometidos capazes de transformar o Brasil. Tudo isso valorizando o orgulho de ser MEJ, através da postura profissional, do compromisso com os resultados e da sinergia e transparência das empresas. Com esse foco, já é possível imaginar o porquê do Movimento fluir tão bem. 

De acordo com o site da Brasil Júnior, mais de R$ 70.000.000,00 oriundos do MEJ impactaram a economia do país e sao reinvestidos na educação empreendedora brasileira. Além disso, já são mais de 17 mil projetos, mais de 900 empresas juniores no país e mais de 22 mil empresários juntos nessa causa. 

POR QUE CONTRATAR JUNIORES?

Muitas empresas seniores no país ainda receiam em contratar os serviços das EJs porque acreditam que, por serem geridas por alunos, os serviços são de baixa qualidade. Todavia, é importante que sejam considerados os pontos vantajosos ao se tornar cliente de uma Empresa Júnior. 

1 –  Dentro do MEJ, é cultural o desenvolvimento através de capacitações e cursos, além das próprias experiências. Ainda, as EJs contam com orientadores formados e que possuem conhecimento sobre a cartilha a fim de auxiliar na orientação das ações da EJ para o sucesso.

2 –  Você terá um grupo que com certeza dará o seu melhor, pois o seu negócio está contratando um time com visão, missão e valores bem definidos que motivam o melhor desenvolvimento possível para o projeto.

3 – Contratar uma Empresa Júnior é investir na educação empreendedora. Você ajuda alunos a continuarem se capacitando para o mercado através dos seus projetos.

4 – O valor dos serviços é menor do que a média do mercado. 

Grupo de pessoas correndo em gramado  Descrição gerada automaticamente

A Communicare Jr., por exemplo, visa somar um time de excelência com clientes satisfeitos para ser referência em comunicação digital e geração de valor entre as EJs do Triângulo Mineiro. | Foto: Juliana Kopp

Como na foto com que começamos essa matéria, o Movimento Empresa Júnior tem integrado as Empresas Juniores e possibilitado troca de vivências, o que só reforça seus propósitos. 

É assim que os juniores do Brasil estão conquistando cada vez mais o seu espaço.